O seu hotel em Coimbra, localizado no coração da Baixa

Coimbra depois do lockdown #Can’t Skip Hope

Dia 3 de Maio de 2020, Portugal passou do estado de emergência para o estado de calamidade e, assim, vários comércios de rua, restaurantes e cafés voltaram a abrir portas. Foram impostas uma série de medidas pela Direção Geral de Saúde com o objetivo de continuar a combater a pandemia, medidas essas que serão avaliadas permanentemente.
Uma delas é, claro, o uso obrigatório de máscara ou viseira em todos os espaços comerciais por parte dos funcionários e clientes. O número de pessoas por espaço também é limitado.

As lojas da baixa de Coimbra rapidamente abriram portas aos clientes após o estado de emergência. Nos primeiros dias de desconfiadamente, o movimento nas ruas era pouco. Contudo, houve espaços que não tiveram “mãos a medir” como é o caso das Lojas de Tecidos, Lojas de Artigos para Crianças e, ainda, a Loja de Lãs. Tecidos para máscaras, artigos para enxovais de bebés e lãs foram os produtos mais procurados. Aos poucos, com os registos de novas infeções por Covid 19 em níveis muito baixos, as pessoas vão perdendo o receio e começam a sair à rua. As ruas vão recuperando progressivamente o movimento tradicional de Coimbra, esta é uma área genuína e ainda mais acolhedora nesta época, onde nunca foi intensa a pressão turística, como foi nos centros de Lisboa ou do Porto. Conheça os nossos incríveis comércios locais. Lojas como “Coisas & Sabores”, “Chocolataria Artesanal Equador”,Loja das Meias Coimbra” merecem a sua visita ainda mais do que antes.

Pastelarias e Cafés com esplanadas são espaços mais “apetecíveis”.
A Pastelaria Penta, na Rua da Sofia, por exemplo confirma que o movimento tem “dias” e que apesar de dispor de uma esplanada, as pessoas continuam a preferir optar pelo serviço take away e delivery. A maioria dos clientes que se deslocam ao espaço são residentes e trabalhadores da zona.
Na zona da Baixa o que não faltam são esplanada: no Largo da Portagem, a esplanada da Pastelaria Briosa (e a montra uma tentação de doces); poucos metros à frente, a esplanada da Brasileira; entre a Ferreira Borges e a Visconde da Luz, a do Nicola; ao chegar à Praça 8 de Maio, temos a espaçosa esplanada do Café mais emblemático da Cidade, o Santa Cruz (os crúzios continuam deliciosos como sempre!). Na zona do Quebra Costas, já se fazem pequenas filas para saborear os deliciosos Gelados Artesanais da Così e o Restaurante Tapas nas Costas, um pouco mais a cima, viu a sua esplanada ser alargada (temporariamente).

Há Restaurantes com esplanadas e até com certificação Clean&Safe.
A maior parte dos restaurantes já abriu portas, com a qualidade de sempre.
O Cantinho dos Reis, no Terreiro da Erva, e a Pizzaria Italia, no Parque da Cidade são dois exemplos de restaurantes que dispõem de grandes e arejadas esplanadas.
Com a extensão da certificação “Clean & Safe” do Turismo de Portugal a restaurantes, já se verificam que vários se comprometeram com as suas práticas: o restaurante Coolabola Gastro Bar, Solar do Bacalhau, Praxis, o Restaurante Sete só para mencionar alguns.

Os supermercados nunca pararam e o Mercado Municipal D. Pedro V também reabriu, tímido, nos primeiros dias. Mas o movimento tem vindo a crescer pois as pessoas têm procurado evitar deslocar-se às grandes superfícies comerciais.
Importa ainda referir que foi criada uma plataforma para apoiar os produtores e comerciantes do Concelho de Coimbra que permite aos consumidores fazerem as suas compras online e receberem-nas em casa (https://coimbramaisfuturo.wixsite.com/semsairdecasa).
Aos poucos as pessoas vão ganhando confiança para sair de casa e voltar a frequentar o comércio tradicional, mantendo sempre o princípio de distanciamento social para prevenir a propagação do vírus.

Também já é possível visitar vários museus e monumentos de Coimbra. Os espaços do Paço das Escolas, parte do circuito turístico da Universidade de Coimbra, já estão acessíveis inclusive a Biblioteca Joanina, a Capela de São Miguel e o Palácio Real. Recomendamos que consulte o site “Visit University of Coimbra” antes de ir (https://visit.uc.pt/en/) para obter informações sobre medidas de contenção e compra de bilhetes com antecedência.  Fora do circuito da UC, pode visitar a Igreja da Sé Velha bem como a Igreja de Santa Cruz. O Museu Municipal de Coimbra (Edifício Chiado, Torre de Almedina, Torre de Anto) e o Museu Nacional Machado de Castro também já podem ser visitados. Para os mais pequenos, já é possível descobrirem o mundo encantado do Portugal dos Pequenitos bem como o Museu da Ciência da Universidade de Coimbra. Recordamos que na visita a todos estes espaços é necessário cumprir as recomendações da autoridade de saúde.
A oferta de entretenimento também se encontra em plena recuperação.  
O Fado ao Centro, que promove a cultura e o Fado de Coimbra, já reabriu com os seus espetáculos diários, às 18:00, sendo a reserva de lugares essencial para assegurar disponibilidade da data pretendida. A GOWalks Portugal também já recomeçou as suas tours por Coimbra e Arredores bem como os Tuk-Tks e o Autocarro Panorâmico, o Bus Fantastic, que percorre durante 1 hora os locais mais bonitos da cidade, os seus miradouros e pontos históricos, com gravações disponíveis em seis idiomas diferentes.
As atividades ao ar livre também já estão disponíveis: o stand-up paddling e as descidas de canoa, na margem esquerda do Rio, que nos permitem estar em contacto directo com a natureza e ainda usufruir de bonitas vistas para a cidade. Em alternativa, podemos usufruir da Praia Fluvial de Palheiros e Zorro ou fazer passeios descontraídos pelo Parque da Cidade, pelo bonito e rico Jardim Botânico ou ainda pelo arejado Choupal.
Praias
Distanciamento físico de 1,5 metros e afastamento de 3 metros entre chapéus de sol.
As amplas praias da região têm capacidade para 51.200 pessoas. Na Figueira da Foz, praia Alto do Viso, 8.700 usuários, praia de Buarcos 8.600, praia do Relógio 6.400, praia do Cabedelo 4.100 a 5.100, Quiaios 7.200 e Murtinheira 3.500 pessoas. Mira 11.200 pessoas e Tocha até 8.000 pessoas.
Toldos, Colmos e Barracas só podem ser alugados de manhã (até as 13:30) ou de tarde (a partir das 14:00) e com um limite máximo de 5 pessoas.
Estão interditas atividades desportivas com duas ou mais pessoas, à excepção de atividades náuticas e aulas de surf.
Implementada Sinalética tipo semáforo: cor verde indica ocupação baixa (1/3), cor amarela indica ocupação elevada (2/3) e vermelha ocupação plena (3/3).
É recomendável usar o aplicativo Infopraia (Google ou Apple) para obter informações sobre a capacidade das praias.
É permitida a venda ambulante nas praias, respeitando as regras e orientações de higiene e segurança.
Interdito o estacionamento fora dos parques e zonas de estacionamento licenciados para o efeito.
Hotel Oslo Coimbra Logo

Hotel Oslo – Coimbra

Av. Fernão de Magalhães, 25
3000-175 Coimbra, Portugal
Hotel Icone Mapa e Direcções

Tel. +351 239 829 071
Fax. +351 239 820 614
mail@hoteloslo-coimbra.pt
Icon de Contacto Contactos